Escrito por Valentina De Andrade   
Quinta, 13 de Maio de 2010 19:02

 

AFLIÇÃO.

 

Desolada meio a desesperante situação, meu pensamento voltou-se para Maria Hercilia, acreditando que viria sem detença em apoio a sua mãe. Atingida pelas diversificadas emoções, afligia-me como enfrentaria as notícias difamatórias e mais, as conseqüências que sofreria perante as alunas, familiares e a sociedade que freqüentava. Em prantos, clamava silenciosamente por ela, ansiando vê-la chegar. Sua presença amenizaria minha dor e mostraria seu amor por quem bem conhece e sabe incapaz de atos execráveis.

Naqueles longos dias, Teruggi e meus leais amigos eram os braços nos quais me amparava, e não regateavam palavras confortadoras, dizendo que Maria Hercilia chegaria. Porém, minhas esperanças se esvaíram. “Hoje,” os motivos quais ela tenta justificar sua ausência, por Amor e compreensão em mim existente...

 

 



Actualizado: Segunda, 29 de Outubro de 2018 20:09
 
Banner