Escrito por Valentina De Andrade   
Quinta, 13 de Maio de 2010 19:02

 

UM ACONTECIMENTO NÃO IMPREVISTO.

 

Novembro 2010.

Mesmo após a separação entre eu e o sensitivo Roberto, não deixei de estender-lhe minha amizade. Desde aquela época ele vem atravessando caminhos difíceis que não mais questiono por ter sido sua opção transitar. Embora tenhamos seguido rumos diferentes não o tenho descuidado, pois seria ingrata se olvidasse que através dele foi que tomei conhecimento das Verdades. Assim, já me visitou aqui em Londrina e, sempre que as possibilidades se apresentam e me desloco para a Argentina, o convido a instalar-se no mesmo hotel que eu, o que aceita alegre e obviamente, sem nada custear. Portanto, não o tenho deixado à deriva. Entretanto, é notória a percepção que seu egocentrismo continua caminhando a largos passos. Por quê? Faz-se necessário rememorar parte de um passado: Quando da chegada dos Altos Conhecimentos Universais, Roberto deu-se o crédito de ser o genuíno depositário. Embora estivesse claro que as razões e forças para sustentar as Verdades eram direcionadas a minha pessoa, sequer minimamente questionei por ainda não haver entendido. Assim, deixei-me levar pelo júbilo de que lhe pertenciam. Com o passar do tempo as Individualidades foram aclarando, o que em mim, nada modificava. Acostumara-me a ver em Roberto a enciclopédia ambulante da qual tanto me envaidecia. Por outro lado, ele principiou a mostrar abertamente um ego acentuado, tomando uma postura que eu entendia ser parte do seu natural. Eu nada dizia, por não ter levado em conta que tal proceder é incompatível com todo o prodigioso; que se auto-anulará se não for autêntico na humildade.

E... este final de mês estive no país vizinho. Anteriormente entrei em contato telefônico com Roberto e perguntei se gostaria de renovar um encontro comigo para uma troca de idéias ou simplesmente fofocar. Avisei que já estavam reservadas acomodações para ele, que se pusesse tranqüilo e aguardasse minha chegada que seria cerca das 15 h. Quando assim eu falava, em tom autoritário ele me diz: “Não me faça esperar!” Roberto sabe que sou pontual. Rindo abertamente, retruquei: “Será possível? Nem cheguei e você já está torrando a minha paciência?” E a conversação terminou em gargalhadas de ambas as partes.

Sucedeu que os horários dos vôos atrasaram e chegando a Argentina fui repousar, pois a viagem foi exaustiva. Pouco antes das 15 h chamei a recepção e perguntei se o esperado hóspede se havia instalado ao que responderam que ainda não comparecera. As 15h30 senti-me intranqüila e descendo ao saguão, vejo Roberto com uma pequena mochila ao lado e cara de poucos amigos! Dirijo-me a ele em saudação amistosa e indago o motivo de ali estar ao invés de se haver acomodado no quarto. Deparo então com suas feições duras, dedo em riste, palavras agressivas e inesperadas, me admoesta: “Eu te disse que não me fizesses esperar. Eu não sou qualquer!”

Sem mais pensar, respondi: “Queres saber algo? Tchau!” Dei-lhe as costas e sem olhar para trás dirigi-me ao elevador, a tempo de ouvi-lo pôr em xeque: “É a última, viu?” Enquanto eu aguardava o ascensor, de soslaio dei uma mirada ao lado e o vi saindo curvado, em direção à rua. E analisei: Última, para quem? Qual de nós dois sairá prejudicado? Naquele mesmo dia intuí que em algum momento Roberto mostraria uma das suas facetas. Porém, eu desconhecia quando; a fonte que carrego não mais sua sede saciaria!

 

Questão fechada:

Roberto é uma Individualidade cosmicamente de vastos Poderes, que infelizmente não teve e prossegue carente, do devido apoio da consciência material.

Reconhece A ENERGIA AMOR materializada com o nome de Valentina de Andrade e jamais titubeou em afirmar que ELA E EU CAMINHAMOS EM UNÍSSONO E CONSEQUENTEMENTE, SOMOS LUZ.

Tampouco contesta a Missão que sem delimitá-la, Valentina cumpre com Amor e fidelidade.

O inaceitável para Roberto é comprovar que Valentina de Andrade é a legítima e única depositária dos Altos Conhecimentos Universais, fato que seu egocentrismo não lhe permite assentir.

 



Actualizado: Segunda, 29 de Outubro de 2018 20:09
 
Banner