Escrito por Valentina De Andrade   
Quinta, 13 de Maio de 2010 19:02

 

UM QUADRO OPORTUNO.

 

Há mais de 30 anos li que a Calúnia foi considerada divindade em Atenas, sendo que o famoso pintor da antiga Grécia -Apeles- a coloca como ponto central em um de seus notáveis quadros. Ao lado da Calúnia e sentada em um trono está a Credulidade que por sua vez abriga junto a si, a Ignorância e a Suspeita. A Calúnia -figura central- se dirige à Credulidade que estende a mão para a primeira. Com uma das mãos, a Calúnia segura uma tocha enquanto com a outra arrasta pelos cabelos a Inocência, simbolizada não por uma criança como narra o articulista, mas, por um adolescente.

 

 



Actualizado: Segunda, 29 de Outubro de 2018 20:09
 
Banner